Make your own free website on Tripod.com

Observações Importantes...

Sentimentos Confusos

Analisando as pessoas num contexto geral, percebe-se que muitos confundem sentimentos, pensamentos e sensações.

Hoje, se você olhar para uma pessoa com olhos serenos, corre o risco de ser mal interpretado.
Se você for um tanto distante, você é esnobe!
Então, o que fazer?

Cadê os abraços de ternura?
O olhar sem maldade?
A felicidade genuína por ver o outro realizar seus objetivos?
A certeza de ter alguém na vida que se pode ouvir: ‘Conte comigo’.?
Onde foi parar a educação e o cavalheirismo?

A aproximação de um estranho desperta desconfiança.
O exagero de um amigo ou companheiro faz afastar.

Por onde anda a Essência das pessoas?
Por que o ser humano precisa tanto ser guiado pelo ego?

Observe!

O ser humano é egoísta demais para dar e
Orgulhoso demais para receber!

Ele não se doa, pois acredita que o outro deve ter iniciativa – egoísmo.
Ele não recebe, pois desconfia da intenção do outro – orgulho.

Ele só quer que seu ponto de vista seja aceito. – egoísmo
Ele não admite ser contrariado em sua opinião. – orgulho

Quando ama, acredita que é dono do outro. – egoísmo.
Quando alguém declara seu amor por ele, não acredita. – orgulho.

Tem aqueles que desejam ser o centro das atenções. – egoísmo.
Não suportam a idéia de existir alguém melhor. – orgulho.

Enfim, incontáveis são os exemplos.
Qual seria a referência de todas as citações acima?

A falta da pureza no coração das pessoas. A falta de olhar para o outro sem pré-julgamentos. A ausência da compreensão de muitos. A dificuldade em expor seus mais sinceros sentimentos. A falta de respeito pela Essência interior do outro. A eterna mania das pessoas se basearem apenas nas aparências.
A falta da conscientização do valor humano – seja em gestos, em exemplos, em olhares, em abraços, em carinhos... mas faça, valorize, ame, sinta – verdadeiramente.

Não confunda sentimentos.
Não atropele sensações.

Qual a melhor maneira para fazer isso?
Sendo somente você mesmo!!
Aceitando-se e aceitando de coração como os outros realmente são.

A vida é bela demais para perder tempo com discussões, pontos de vista diferentes, arrogância, desconfianças, maledicências, ciúmes, e todo excesso de negativo...

Permita-se analisar a você mesmo e aos outros, colocando de lado o egoísmo e o orgulho. Não tenha vergonha de admitir, todos temos nosso egoísmos e orgulhos, o que falta é disciplina para não deixar que estes tomem conta de nós.

Quando você ver somente a você mesmo, sem estes dois vilões, você terá uma sensação tão leve, tão renovadora e tão agradável, que irá tratar de erradicar de sua vida estes dois males.

E esta sensação chama-se LIBERDADE... o que falta para todos.
A liberdade de ser si mesmo, sem vergonha, sem excessos, sem egoísmo, sem orgulho: apenas você....

Aquele que porventura fizer este pequeno exercício, será bem vindo nos comentários para contar suas experiências.
Obviamente que espero o comentário de cada um que tiver a oportunidade de ler estes textos, que serão recebidos com o mais sincero carinho...

 

Muito obrigada.
Um Beijo,
Gênice Suavi
.

Voltar